Definida data de retorno da equipe esportiva de Jorge Kajuru no rádio

Por ALTAIR TAVARES  para o site diariodegoias.com.br   

kajuru jorge senador roque sa senado
Senador Kajuru: Há poucos dias de retornar para a emissora que ocupava a 17 anos (foto Roque Sá, Agência Senado)

O retorno da equipe esportiva “Feras do Kajuru” está confirmado para o dia primeiro de junho ao rádio de Goiás. A informação ao Diário de Goiás, dada pelo senador Jorge Kajuru(PSB) põe luz sobre as movimentações do mercado esportivo. Após 17 anos, ele irá voltar com os programas e transmissões esportivas na frequência 730 AM com a marca “Rádio K Sagres”. “O jornalismo da Rádio, continua levando o nome de Sagres 730, mas, quando estivermos cobrindo esportes, a Rádio irá se chamar Rádio K do Brasil”, explicou Kajuru.

Kajuru afirma que neste primeiro momento, após a retomada, sua equipe se dedicará apenas ao esporte. “Apenas no futebol, por enquanto. Como sou hoje da classe política, não quero fazer jornalismo.” Kajuru, disse ele, fará um comentário político por dia. A análise esportiva, sempre ao meio-dia, horário clássico na antiga Rádio K do Brasil, também irá retornar a partir do dia primeiro de junho. “Irei gravá-lo todos os dias, por volta das seis ou sete da manhã que é quando chego no meu gabinete em Brasília”, explica.

Sem revelar os nomes que comporão a futura equipe esportiva, Kajuru explica que montou uma espécie de “seleção brasileira” dos profissionais de rádio e jornalismo. “Já estão contratados os melhores narradores, os melhores repórteres, o melhor coordenador, o melhor plantão esportivo e os melhores operadores técnicos. Já estamos com a equipe quase pronta. Revelá-la não é a hora, desculpe.”, salienta.  “Terei de novo a maior equipe esportiva de Goiás, do Centro-Oeste e uma das maiores do Brasil.”, prevê o senador.

Nomes que já estão anunciados para a equipe: Marcelo Borges, Alípio Nogueira e Manoel de Oliveira, para comentarista e diretor comercial, segundo Kajuru.

volta radio k jorge kajuru sagres 730
Ilustração com marca da nova equipe esportiva (/Foto Divulgação)

Kajuru que tinha a Rádio K no prefixo 730, retorna à mesma frequência de onde a deixou explica como funcionará os bastidores da rádio. Ele cede sua marca a um afilhado competente: “Eu cedi gratuitamente as marcas ‘Radio K’ e ‘Feras do Kajuru’ para o meu afilhado, comentarista e hoje coordenador de esportes, Charlie Pereira (único nome confirmado na equipe), que é como um filho também. Cedi para ele gratuitamente porque eu não quero como senador, ser dono de rádio e muito menos arrendar o horário esportivo da Rádio Sagres 730, então a empresa do meu afilhado Charlie é que vai ter o contrato e eu vou apenas ajudar a montar a equipe, dar ideias”, explica. E participar de transmissões, Kajuru? Não vai? Ele ressalta que irá participar de transmissões e programas “quando puder, porque a minha prioridade é o meu mandato como Senador eleito. Quando eu estiver livre, num domingo, num sábado, ou numa quarta, não tendo nada pra fazer no Senado, aí sim participarei das transmissões esportivas da Rádio K e das Feras do Kajuru.”

Para muitos críticos e até inimigos, o rádio goiano tem duas fases, segundo Kajuru. “Tem um ‘antes e depois’ da Rádio K”, conta o senador. “A Rádio K voltará a ser a melhor rádio do Brasil. Até porque o Brasil passa por um momento triste no rádio. Elas não vão mais aos estádios, transmitem tudo dos estúdios e a Rádio K voltará a ser respeitada no Brasil e até do mundo, quando mereceu matéria de capa de jornais como o Le Figaro da França, Clarin da Argentina e tantos outros. A Rádio K voltará a fazer história. Eu não entro em nada para perder.

Kajuru rememora o contexto da época que o fez ir embora para São Paulo: “A Rádio K foi literalmente cassada. A mim coube o direito de entrega-la ao meu irmão e pai Datena e ao meu amigo pessoal e irmão, Jorcelino Braga, para que eles salvassem a Rádio aquela época, em agosto de 2002 e pagassem os funcionários que estavam com salário atrasado. Então pela minha dignidade sai de Goiânia do jeito que cheguei em 1979, sem nenhum centavo no bolso.”, relembra

Contrato

Procurado pelo Diário de Goiás, Adair Meira, diretor da Rádio Sagres, preferiu não tecer comentários ou dar informações sobre a negociação. Cauteloso, afirmou que poderá detalhar o projeto quando o contrato estiver devidamente assinado, apesar do comunicado já feito no domingo, 28, na programação esportiva da emissora.

(Colaborou com o texto Domingos Ketelbey)

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás