Saúde de Goiás orienta portadores de doenças crônicas e síndromes a se vacinarem


Pelo menos 364 mil pessoas devem procurar as salas de imunização portando prescrição médica com a indicação dessa necessidade

A quinta fase da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, começou nesta segunda-feira, dia 6, e vai até a sexta-feira, dia 10. O objetivo é imunizar portadores de doenças crônicas e síndromes (clique aqui para ver a tabela). Em Goiás, espera-se que pelo menos 364 mil pessoas compareçam a uma das 907 salas de vacinas em todo o Estado.

“Temos mais de 1,8 mil profissionais envolvidos na campanha e doses suficientes para imunizar todos os pertencentes dos grupos prioritários”, ressaltou a gerente de Imunização e Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, Clarice Carvalho. “Além da apresentação do cartão de vacina, também é necessário que os portadores de doenças crônicas e síndromes levem uma prescrição médica indicando a necessidade da imunização”, ressalta a gerente.

Para o cardiologista Antônio Aurélio Fagundes, as pessoas que compõem esse grupo devem se conscientizar sobre a importância da imunização devido à fragilidade de seus sistemas imunológicos. “Nessas pessoas, uma forma grave da gripe pode gerar consequências sérias, e a imunização é o melhor caminho para prevenir essas complicações”, lembra.

Campanha

A campanha de vacinação contra a gripe começou no dia 10 de abril e já vacinou gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a cinco anos, trabalhadores da saúde e idosos. Clarice alerta que a adesão está baixa. “Ainda não tivemos nenhuma morte por influenza, e isso deixa as pessoas mais tranquilas, não buscando pela imunização.”

Mais informações: (62) 3201-3784 / 3201-3816 / 3201-3811

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás