Festival Gastronômico da Estrada de Ferro apresenta pratos nesta quarta-feira

Caturama é uma palavra indígena que quer dizer boa sorte. E é o nome escolhido para o 1º Festival Gastronômico da Estrada de Ferro, que vai ser realizado em Silvânia de 3 a 5 de outubro. Estão no cardápio, pratos e petiscos doces e salgados custando de R$ 3 a R$ 15.

Pastel em forma de trem, coxinha, quibe, pratos com frango, linguiça e peixe, sanduíches e torresmo, combinados com guariroba, mandioca, salada e muita criatividade. Os pratos vão ser apresentados nesta quarta-feira, dia 18, às 15 horas, em Silvânia.

Todos os municípios da Região da Estrada de Ferro foram convidados a participar, mostrando o que têm de mais especial na culinária: Bonfinópolis, Caldazinha, Catalão, Goiandira, Leopoldo de Bulhões, Orizona, Pires do Rio, Santa Cruz de Goiás, Urutaí, Vianópolis.

Rotas Gastronômicas

Um programa que vai destacar “as coisas fantásticas que a gastronomia pode oferecer, de forma regionalizada, valorizando cada produto, cada elemento, apresentando linhas de crédito e implementando um trabalho social de resgate de pessoas em situação de vulnerabilidade, envolvendo a sociedade e várias pastas do governo, com foco em inovação”. Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, assim é o “Rotas Gastronômicas”, o Programa de Gastronomia do Estado de Goiás lançado no último dia 13 de setembro.

O projeto inovador do Governo de Goiás, por meio da Goiás Turismo, reúne Sustentabilidade, Inclusão Social e Empreendedorismo. O objetivo é desenvolver a Gastronomia nos municípios goianos, por meio da criação de rotas gastronômicas regionais, onde os visitantes terão a oportunidade de conhecer o potencial culinário das 10 Regiões Turísticas do Estado, movimentando a economia.

A regionalização é o foco e o grande diferencial do projeto. A partir dessa iniciativa inédita no Estado, os municípios terão apoio na identificação dos produtos e realização de festividades gastronômicas, atividades de roteirização e economia da experiência para agregar valor ao produto existente na comunidade. Além disso, o Programa vai atuar no resgate de talentos, proporcionando o exercício da cidadania e melhoria de qualidade de vida da população.

A preocupação com o Meio Ambiente também faz parte do Rotas Gastronômicas, que irá promover a qualificação sobre os potenciais nutricionais, culturais, econômicos, medicinais e ambientais dos alimentos da sociobiodiversidade, relacionando-os ao movimento da Gastronomia Regional, à Agricultura Familiar, Agroecologia, Economia Solidária e Educação Ambiental.

Dentro dessa nova perspectiva, os municípios de Niquelândia (Região Vale da Serra da Mesa), Silvânia e Goiandira (Região da Estrada de Ferro), Cristalina (Região do Ouro e Cristais), Santa Rita do Araguaia (Região Pegadas no Cerrado) e Terezópolis (Região dos Negócios e Tradições) já estão engajados para trabalhar regionalmente, por meio de Festivais Gastronômicos e seminários de Turismo e Gastronomia.

A Goiás Turismo assinou Termos de Cooperação com três entidades, para beneficiar toda a sociedade. O primeiro Termo prevê a parceria com o Ministério Público do Trabalho em Goiás no Projeto Cozinha e Voz, para resgatar pessoas em situação de vulnerabilidade. O segundo deles é com o Sebrae, para capacitação. O último acordo, com a Goiás Fomento, é para oferecimento de linha de credito especial para o Turismo.

Assessoria de Comunicação Agência Estadual de Turismo – Goiás Turismo
Mais informações: (62) 3201-8106

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás