Os 30 anos da queda do Muro de Berlim

Barreira entre Berlim Oriental e Berlim Ocidental manteve os cidadãos da capital alemã separados durante 28 anos na Guerra Fria

No sábado, dia 9 de novembro, completaram-se 30 anos que o muro de Berlim foi destruído diante das câmeras de jornalistas do mundo todo, encerrando um dos principais capítulos da Guerra Fria. O historiador Felipe Pereira Loureiro, professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (USP), explica a importância desse fato histórico.

Historiador Felipe Pereira Loureiro, professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (USP)

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, em meados da década de 40, os países vencedores dividiram a Alemanha e a capital Berlim, em áreas de ocupação. Assim, Estados Unidos, União Soviética, Grã-Bretanha e França passaram a gerenciar, cada uma em sua zona, a administração do país e da cidade. Na prática, a capital foi dividida em Berlim Oriental, sob autoridade soviética e com regime comunista, e Berlim Ocidental, sob a liderança principal dos norte-americanos e com sistema capitalista.

Fragmento preservado do muro de Berlim

Na segunda metade dos anos 40, a tensão entre Estados Unidos e a União Soviética já estava às alturas. Até 1961, porém, os cidadãos de Berlim tinham trânsito livre entre as áreas comunistas e capitalistas da cidade, inclusive muitos moravam em uma zona e trabalhavam em outra. Mas o fluxo migratório de Berlim Oriental para Berlim Ocidental começou a ficar muito intenso e, em agosto daquele ano, as autoridades comunistas começaram a levantar uma barreira entre as duas partes da cidade.

Local anteriormente dividido pelo Muro de Berlim

A construção foi extremamente rápida e muitas famílias foram separadas. Várias pessoas tentaram fugir de Berlim Oriental, a maioria sem sucesso. Na década de 80, a ascensão de Mikhail Gorbachev na liderança da União Soviética levou a um afrouxamento do controle sobre os países sob a órbita comunista e, em 9 de novembro de 1989, o muro de Berlim foi destruído, encerrando um período de 28 anos em que os berlinenses foram separados.

Por EBC

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás