Governo e UFG apresentam Centro de Estudos, Monitoramento e Previsão Ambientais do Cerrado

Laboratório reúne governo, academia e entes privados para oferecer serviços de previsão do tempo e cenários climáticos com foco no desenvolvimento socioeconômico sustentável

 O Governo de Goiás  e a Universidade Federal de Goiás apresentam nesta sexta-feira, dia 21, às 10 horas, na sala de reunião do Palácio Pedro Ludovico Teixeira (10º andar), em Goiânia, a proposta de criação do Centro de Estudos, Monitoramento e Previsão Ambientais do Cerrado (Cempa).

O laboratório objetiva gerar estudos utilizando modelagem numérica e dados de satélite  permitindo precisão e nível inéditos na previsão do tempo para toda a Região Centro-Oeste (intervalos de 5 a 10 dias), cenários climáticos e modelos de produção agro climáticos, entre outros produtos. O Centro busca reunir academia, governo e entes privados buscando soluções para o desenvolvimento sustentável do Estado por meio de tecnologias, serviços e políticas públicas.

A intenção é avançar no entendimento científico dos mecanismos que disparam e controlam os impactos das atividades humanas e produtivas do Cerrado. O Cempa será responsável por estudos ambientais, monitoramento e previsão do comportamento da atmosfera, visando fazer do clima um aliado para o desenvolvimento socioeconômico ao invés de um fator limitante. O Cempa irá agregar diversos profissionais e disciplinas já existentes na UFG, dentre outros parceiros institucionais, e incluirá novos profissionais especialistas em modelagem numérica de diversos componentes do sistema terrestre.

Entre os produtos a serem oferecidos pelo laboratório estão: previsão do tempo para o Estado de Goiás e entorno (5 a 10 dias); tempo em escala urbana para Goiânia e entorno; qualidade do ar, associada às emissões de queimadas e urbanas (1-3 dias); clima sub-sazonal a sazonal (1 a 3 meses); geração de cenários de impactos climáticos de mudanças do uso e/ou ocupação do solo.

Entre as aplicações possíveis destes dados estão projeções e estudos de potencial hidroelétrico, eólico e de energia solar do Estado de Goiás, apoio ao planejamento de localização de parques industriais, previsão do tempo em caso de desastres naturais e eventos extremos; e determinação de regime de precipitação e carga de água no solo, índices que auxiliam na agropecuária.

Pesquisadores

Entre os envolvidos no projeto estão dois pesquisadores vinculados ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Karla Longo e Saulo Ribeiro Freitas. Eles que estão há cerca de três anos trabalhando na Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) e são pesquisadores de reconhecimento internacional.

Saulo Ribeiro de Freitas foi um dos cientistas a frente do desenvolvimento do Modelo Climático Brasileiro, responsável pela previsão do tempo no Brasil. Na Nasa o professor tem grande protagonismo no desenvolvimento de um modelo climático global e recebeu o prêmio  “Award for Scientific Achievement” por seu trabalho no grupo de modelagem e assimilação de dados climáticos (GMAO) da agência espacial norte-americana (Nasa).

Serviço:
Assunto: Lançamento proposta de criação do Centro de Estudos, Monitoramento e Previsão Ambientais do Cerrado (Cempa).
Local: Sala de reunião (10ª andar) do Palácio Pedro Ludovico Teixeira
Data: 21/02/2020 (sexta-feira)
Horário: 10 horas

Secom UFG

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás