Goiás também é destino certo para quem pretende descansar no Carnaval

A Goiás Turismo tem incentivado todos os segmentos no Estado 

De acordo com o Ministério do Turismo, com base em pesquisa realizada pelo Booking.com, mais da metade dos brasileiros que devem viajar no Carnaval vão fugir das grandes festas. São turistas que preferem a tranquilidade para recarregar as energias. E nada melhor do que Goiás para garantir dias de paz e descanso em meio à natureza. Várias cidades goianas oferecem muita animação, com a realização de desfiles e shows, mas a vocação para o Ecoturismo, Turismo de Aventura e Turismo Rural também atrai milhares de visitantes. Um público fiel e que só tem aumentado para a alegria dos empresários locais.

Esse é o caso do proprietário do Mambaí Adventure, Bruno Queiroz, que trabalha com receptivo no município, distante cerca de 500 km de Goiânia. Pra quem busca contato com a natureza, Mambaí é destino ideal. São cachoeiras, cavernas, trilhas, além da prática de tirolesa, rapel e pêndulo para os aventureiros. Segundo o empresário, a maioria dos visitantes chega de Brasìlia e entorno, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, além de Goiânia. “No ano passado, o Carnaval foi excelente e a expectativa é de receber ainda mais visitantes, já que os destinos domésticos estão em alta por causa da valorização do dólar ”, comemorou.

Outra opção que Goiás oferece é passar o feriado em hotéis fazenda para fugir da rotina e do caos urbano. São várias opções espalhadas pelo Estado. Uma delas é o Cabugi, em Alexânia, a cerca de 120 km de Goiânia, que já não tem vaga para os próximos dias. O gerente do local, Antônio José Bertolino, garante que a data é o carro-chefe. “O hotel fica lotado e 90 por cento são turistas de Brasília”, informou. O dono do empreendimento é da Paraíba e apostou no sistema all inclusive como diferencial do negócio, que oferece atividades para toda a família, como parque aquático, passeios de charretes e a cavalo e pescaria.

A Região da Chapada dos Veadeiros já um destino consolidado e atrai milhares de visitantes. O misticismo que envolve Alto Paraíso fez do lugar uma referência no Turismo até mesmo internacional. A empresária e presidente do Conselho Municipal de Turismo, Heloísa Santana, conta que nesta data os hotéis e pousadas chegam ao limite de ocupação. Um fato curioso é que a Chapada é bastante procurada por visitantes do Nordeste, São Paulo e Rio Janeiro, lugares onde a folia é tradição. “Eles fogem da festa porque querem ter outras experiências junto à natureza, com outra vibe”, contou.  

O Salto de Corumbá, em Corumbá de Goiás, distante cerca de 123 km de Goiânia,  também aposta no público que prefere descansar e viajar com a família. Além da pousada e camping, o local chega a receber 600 visitantes, que apenas passam o dia para conhecer as cachoeirsa e se diveritr no parque aquático. De acordo com o funcionário da empresa que administra o complexo de lazer, Cléber Evangelista, os quartos estão todos reservados há vários dias.

Se o turista quer conhecer a Cultura e a História  de Goiás, com momentos de contemplação e paz, também pode optar por fazer o Caminho de Cora Coralina. São 300 km de trilhas entre Corumbá de Goiás e a antiga Vila Boa, terra da poeta. Durante o caminho, o visitante passa por cidades históricas, se delicia com a comidas típicas e conhece a hospitalidade do povo goiano. Ele, ainda, percorre verdadeiras riquezas em meio ao Cerrado, como o Parque Estadual dos Pireneus.

Além dos Pireneus e a Chapada dos Veadeiros, outros parques nacionais e estaduais são atrativos que podem ser visitados nesta época, com destaque para o Parque Estadual de Terra Ronca, em São Domingos, e seus milhares de quilômetros de mata virgem, muitas cavernas, riquezas históricas e aventura de sobra. Já o Parque Nacional das Emas, no Sudoeste do Estado, proporciona experiências incríveis. É uma das poucas Unidades de Conservação que apresentam diversas formas de Cerrado. São mais 350 km de trilhas e uma variedade de atividades de Turismo de Aventura, como boia-cross, rapel e ciclismo.

Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, o turista atual deixa de ser meramente contemplativo para ser participativo, por isso surgem novas motivações de viagens. “Em Goiás, nós temos muitas experiências para serem vividas neste feriado de Carnaval para quem busca sossego”, assegurou. Fabrício Amaral lembrou que “Goiás tem um verdadeiro mosaico de atrativos, onde além de descansar é possível comer bem e interagir com a comunidade local, sendo bem recebido e revivendo suas raízes”.   

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás