Goiás: NetEscola alcança três milhões de acessos

Portal de conteúdos foi criado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Educação, para servir como apoio didático-pedagógico durante o período de aulas não presenciais 

A implantação do regime de aulas não presenciais na rede estadual de ensino, em um período de tempo extremamente curto, representou um grande desafio para o Governo de Goiás e exigiu dedicação, criatividade e inovação por parte da equipe da Secretaria de Educação do Estado.  

Entre as muitas ações adotadas para garantir que os alunos não tivessem a sua rotina de estudos interrompida por conta das medidas que recomendam o isolamento social, está o portal NetEscola. Lançado no dia 3 de abril, a ferramenta digital tem sido uma importante aliada no dia a dia de professores e estudantes. 

A maior prova disso é que, em apenas dois meses no ar, já foram registrados mais de 3 milhões de acessos. Uma média de 4.584 por dia, segundo informa o superintendente de Tecnologia da Seduc, Pedro Aurélio Guzman de Figueiredo. “No dia 25 de maio, entretanto, batemos um recorde, com 26.327 acessos”, diz ele. 

E como é de livre acesso, o portal tem ajudado não apenas os alunos da rede estadual, mas também das redes privada e municipal de todo o Estado. Há informações, inclusive, de alunos que já concluíram o Ensino Médio, porém acessam as páginas em busca de conteúdos, dicas e sugestões como uma preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.  

Estudo orientado

Pedro Aurélio conta que os conteúdos mais buscados são os de Estudo Orientado, direcionados aos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. Já os principais acessos são de Goiânia, Brasília, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Rio Verde, Águas Lindas de Goiás, Catalão, Luziânia e Goianésia. 

O superintendente afirma que o NetEscola levou uma semana para ficar pronto, contando a sua idealização e a sua finalização. “Foi preciso correr contra o tempo porque estávamos lidando com uma situação emergencial; ninguém esperava ser necessário trabalhar com o regime de aulas não presenciais”, explica.

Além do grande volume de conteúdos, divididos por série e nível de ensino, outro aspecto que chama a atenção no NetEscola é a praticidade tanto na atualização do material didático quanto no acesso. Pedro Aurélio frisa que essa particularidade foi pensada de forma estratégica com o intuito de facilitar o manuseio por parte de alunos, pais de alunos, professores e qualquer outra pessoa que buscasse pelo portal.  

Reforço e revisão

O NetEscola, que pode ser acessado pelo celular e também por qualquer computador de mesa por meio do www.portal.educacao.go.gov.br, inova em oferecer uma diversidade de conteúdos que funcionam como material de reforço e auxiliam na revisão dos conhecimentos. 

O portal apresenta aulas ao vivo, videoaulas, listas de exercícios e uma série de outras atividades referentes ao Ensino Fundamental e Médio e tem sido uma ferramenta imprescindível para que o Governo de Goiás possa garantir o acesso dos alunos aos materiais didático-pedagógicos e possam continuar aprendendo, mesmo longe das salas de aula. 

Levando em conta a particularidade do público alvo, as páginas do Ensino Fundamental I e II são bem interativas e se destacam por valorizar os aspectos lúdicos, como recursos gráficos, gifs e fotos. O espaço conta também com o Estudo Orientado, que dá suporte ao aluno sobre como organizar a sua rotina de estudos e ainda permite buscar a ajuda de seus professores, caso sinta necessidade. 

A parte destinada aos estudantes do Ensino Médio conta com uma série de videoaulas do programa ‘Goiás Bem no Enem’ e do ‘Goiás Tec’, além de atividades complementares e listas de exercícios específicos para o Enem. Toda semana são disponibilizados conteúdos correspondentes a cinco dias de aula.

Por Gov Goiás

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás