Botafogo-PB e Vila Nova mostram pouca inspiração ofensiva e empatam sem gols

Partida tem ritmo lento, pouco repertório das duas equipes e termina com o placar sem ser alterado

FICARAM DEVENDO

Tinha tudo para ser um jogo mais agradável. Botafogo-PB e Vila Nova abriram a rodada #6 do Brasileiro da Série C na tarde deste sábado, em duelo disputado no Almeidão, em João Pessoa. Faltou inspiração dos dois times, repertório ofensivo e um pouco mais de gana em busca de três pontos importantíssimos para a sequência da primeira fase. Ao fim dos 90 minutos, ninguém foi de ninguém. Com o placar inalterado – consequência de uma atuação apática do Belo e do Tigre -, a partida acabou mesmo em 0 a 0.

PRIMEIRA ETAPA

O Botafogo-PB até tentou mostrar as suas credenciais nos primeiros minutos da partida. No primeiro lance, inclusive, logo a 1 minuto de jogo, Ramon finalizou com muito perigo ao gol de Fabrício. Fora isso, toques rápidos no campo ofensivo e busca por espaços. Isso por 10 minutos. Neutralizado pelo setor defensivo do Vila Nova, o Belo pouco criou e ainda viu o Tigre controlar a partida, mesmo que sem grandes perigos com a bola no pé. No entanto, foi do time goiano a melhor chance da primeira etapa: aos 21 minutos, John Lennon recebeu passe de Emanuel Biancucchi, pela direita, e, na entrada da grande área, bateu cruzado, com muito perigo ao gol de Felipe. E nada mais interessante nos primeiros 45 minutos.

ETAPA FINAL

O cenário do início da etapa complementar foi o mesmo: o Botafogo-PB tentando de um lado, com o Vila Nova fazendo bem a sua parte defensivamente. Os dois treinadores, inclusive, demoraram muito a mexerem em seus times. E, dentro de campo, nada surtiu efeito. O melhor momento aconteceu, desta vez, com o Belo. Aos 22 minutos, Higor Leite recebeu na intermediária e soltou o pé. Fabrício voou bonito na bola e, com a ponta dos dedos, conseguiu mandar a bola para escanteio. Com um aparante conformismo de que o empate seria mesmo um resultado suficiente, as duas equipes não mexeram no placar e finalizaram a partida sem balançar as redes.

COMO OS TIMES FORAM A CAMPO?

Botafogo-PB: Felipe, Marcos Martins, Donato, Marcelo Xavier e Christianno; Wellington Cézar, Vitinho (Léo Moura), Higor Leite (Erivélton) e Rodrigo Andrade; Ramon (Mário Sérgio) e Lohan..

Vila Nova: Fabrício, John Lennon, Rafael Donato, Adalberto e Mário Henrique; Dudu, Pablo e Emanuel Biancucchi (Alan Mineiro); Talles (Gilsinho), Lucas Silva (Rodrigo Alves) e Henan (Rafhael Lucas)

CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO A

1º Ferroviário – 10 pontos (8 gols de saldo)

2º Santa Cruz – 10 pontos (3 gols de saldo)

3º Remo – 9 pontos (2 gols de saldo)

4º Vila Nova – 9 pontos (-1 gol de saldo)

5º Jacuipense – 7 pontos

6º Manaus – 6 pontos (saldo zerado)

7º Botafogo-PB – 6 pontos (-2 gols de saldo)

8º Paysandu – 4 pontos

9º Imperatriz – 1 ponto (-3 gols de saldo)

10º Treze – 1 ponto (-5 gols de saldo)

Campeonato Brasileiro Série C 2020

GRUPO APVSG
1FerroviárioFER01038
2Santa CruzSCZ01033
3RemoREM0922
4Vila NovaVIL092-1
5JacuipenseJAC0721

Por https://globoesporte.globo.com/go

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás