Em formato de videoaula, projeto Educação de Valores alcança mais de 2,8 mil alunos em Rio Verde em 2020

Projeto tem como objetivo o combate primário à corrupção

Reformulado para se adaptar às restrições trazidas pela pandemia da Covid-19, o projeto Educação de Valores, desenvolvido pela 4ª Promotoria de Justiça de Rio Verde, alcançou, em 2020, 32 escolas públicas do município (redes estadual e municipal) que oferecem o 6º ano da segunda fase do ensino fundamental. Foram unidades tanto da zona urbana quanto da rural, incluindo as unidades dos Distritos de Riverlândia e Lagoa do Bauzinho, totalizando mais de 2,8 mil alunos mobilizados. 

A iniciativa é voltada para crianças entre 10 e 12 anos e tem como objetivo o combate primário à corrupção. Para dar prosseguimento ao projeto no ano passado, a promotoria adotou o formato da videoaula, em substituição aos encontros presenciais. Foram elaborados três módulos, abordando os conteúdos priorizados no projeto, que, normalmente, eram trabalhados nas aulas presenciais: Solidariedade, Empatia e Respeito à Diferença; Ética na Escola e nas Relações Interpessoais e Corrupção. Acesse o material nos links a seguir: Aula 1 Aula 2 Aula 3 

Idealizadora da proposta que vem sendo levada à rede pública municipal de ensino desde 2018, a promotora de Justiça Renata Dantas de Morais e Macedo comemora os resultados obtidos em 2020, apesar de todos os percalços. Ela ressalta, sobretudo, o empenho de alunos e das escolas em trabalhar os conteúdos das aulas virtuais, produzindo, inclusive, material em vídeo. Como exemplo, a promotora destaca dois trabalhos (confira abaixo): uma animação que aborda o tema da corrupção, produzida pelo aluno Erik de Melo Silva, do Colégio Estadual Alvino Pereira Rocha, e o vídeo sobre ética elaborado pelos alunos da Escola Municipal Rural Cabeceira Alta.

Multiplicadores
Renata Dantas acredita que o projeto tem conseguido atingir sua finalidade, de, por meio da educação, instruir as crianças e permitir que elas sejam multiplicadoras, repassando para suas famílias e para aqueles com quem se relacionam em sociedade valores referenciais da integridade, a exemplo da igualdade, da cidadania, da ética, da honestidade, da solidariedade e da empatia, entre outros.

Mais informações sobre o Educação de Valores podem ser obtidas no site criado para o projeto (consulte neste link ). Para quem quiser seguir e conhecer mais sobre as etapas, o Instagram do projeto é @educacaovalores. Na página inicial do MP-GO na internet, na aba da Área de Infância, Juventude e Educação do Centro de Apoio Operacional, dentro do menu Campanhas/Projetos, há link específico para o projeto Educação de Valores – 4ª PJ de Rio Verde (acesse neste link ).

Assessoria de Comunicação Social do MP-GO

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás