Goiás: regularização do Passe Livre Estudantil será em fevereiro e março

Acesso ao benefício, que concede isenção da tarifa no transporte público, poderá ser solicitado, pelo site, para estudantes da região metropolitana e, presencialmente, para os de Anápolis 

A regularização dos cadastros de estudantes da região Metropolitana de Goiânia e de Anápolis no programa Passe Livre Estudantil, do Governo de Goiás, para este primeiro semestre de 2021 poderá ser feita de 1º de fevereiro a 31 de março. O programa é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds).

Devido à pandemia de Covid-19, houve mudanças para facilitar aos estudantes o acesso ao benefício e impedir que as aglomerações. Os recadastramentos e cadastramentos dos moradores da região Metropolitana de Goiânia serão realizados pelo site www. juventude.go.gov.br. 

Após ser aprovada a solicitação do benefício, o cartão será confeccionado, e o estudante deverá se dirigir a uma unidade do Vapt-Vupt, que pode ser escolhida no momento da inscrição, para a retirada do cartão do Passe Livre Estudantil (PLE). Todo o processo pode ser acompanhado pelo mesmo site. 

Desta vez, os alunos de Anápolis, que já têm o benefício, não vão precisar fazer o recadastramento. Eles serão efetivados por meio de declarações enviadas pelas próprias instituições de ensino, já cadastradas no programa. Já os que vão fazer pela primeira vez o cadastro devem se dirigir à sede da Secretaria Municipal de Emprego e Renda, localizada na Rua General Joaquim Inácio, nº 206. Para ter acesso ao cartão, caso tenha a solicitação aprovada, o estudante de Anápolis deverá se dirigir à unidade de referência do terminal Urbano de Anápolis, na Rua Tonico de Pina, Setor Central, para retirar o cartão. Com os cartões e mãos, os beneficiários deverão fazer a ativação na unidade do Vapt-Vupt.

Para pegar o cartão todos os estudantes, de Anápolis ou da Região Metropolitana de Goiânia, devem levar original do documento de identificação com foto. No caso de estudantes menores de idade, a entrega do cartão será feita somente para o pai, a mãe, avós maternos e paternos, mediante apresentação do documento original com foto do beneficiário e do responsável. Para pessoas com a tutela, deve ser apresentada a tutela original e um documento original com foto do beneficiário e do tutelado.

Cobertura

O PLE dá direito a duas viagens por dia e até 48 viagens por mês, para deslocamento de ida e volta à instituição de ensino. O saldo do cartão não é cumulativo. Caso o estudante não utilize todos os créditos, no mês seguinte será creditada apenas a diferença para completar as 48 viagens.

A cobertura de atendimento abrange as cidades de Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Goiânia, Goianápolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Nerópolis, Nova Veneza, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás e Trindade.

No ano passado, 105.583 estudantes foram beneficiados, sendo 97.042 da Região Metropolitana de Goiânia e 8.541, de Anápolis. O benefício foi bloqueado devido à pandemia de Covid-19, que impôs a proibição das aulas presenciais. No entanto, para 14 mil estudantes beneficiários da área da saúde e assistência social envolvidos no enfrentamento à Covid-19 foram mantidos os créditos mensais.


Comunicação Gov GO

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás