Sebrae discute oportunidades na economia digital para geração de novos empregos

Em webinário, organizado pelo PNUD e ORU Fogar, diretor técnico Bruno Quick, avaliou as possibilidades do mercado online para os pequenos negócios

A economia digital pode abrir novas oportunidades para os pequenos negócios, principalmente em setores mais tradicionais. Essa foi a avalição feita pelo diretor técnico, Bruno Quick, durante o segundo webinário preparatório para o V Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local. Com o tema “As possibilidades de criar empregos graças à Revolução Digital”, o evento online reuniu, nesta quinta-feira (28), especialistas estrangeiros e representantes de governos de vários continentes para discutir o assunto.

Considerado um importante parceiro para a promoção de políticas de desenvolvimento regionais no Brasil, o Sebrae foi convidado para a abertura do webinário, organizado pelo PNUD (Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e a Organização das Regiões Unidas (ORU Fogar). De acordo com Quick, as discussões em torno das oportunidades e desafios da digitalização na nova economia devem considerar como preocupações, o acesso ao mercado e comércio de forma justa, bem como à educação e qualificação voltada para o mercado de trabalho do futuro, além de uma inclusão digital de forma ampla. Ele defendeu que o desenvolvimento da economia local e dos pequenos negócios devem ser o foco de ações estratégicas.

“A integração do mundo online pode gerar impactos positivos para a economia. Nós temos que promover a inclusão digital dos pequenos negócios de maneira que eles possam competir de maneira justa no mercado online para expandir oportunidades e sua produtividade, principalmente entre os negócios mais tradicionais”, destacou o diretor do Sebrae.

Para o secretário geral da ORU Fogar, Carles Llores, as discussões em torno da geração de emprego são pertinentes diante dos impactos da Covid-19. Ele destacou dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que apontam que a pandemia, até agosto do ano passado, significou a extinção de 495 milhões de postos de trabalho em todo o mundo. “Especialistas consideram que o âmbito digital será responsável pela grande criação de novos empregos, assim como o âmbito energético, que deverá buscar alternativas para o uso de recursos naturais”, analisou.

O evento

O V Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local acontece, virtualmente, entre os dias 26 de maio e 1º de junho de 2021, em Córdoba, na Argentina. Desta vez, a edição tem como objetivo refletir sobre respostas à crise da Covid-19, sob o ponto de vista do desenvolvimento dos territórios. Em 2013, o evento teve sua 3ª edição realizada no Brasil, na cidade de Foz do Iguaçu (PR), com organização do Sebrae.

Por Agência Sebrae de Notícias

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás