Governo de Goiás lança terceira etapa do Programa CNH Social com 3 mil vagas

Somente na terça-feira, 16, primeiro dia de inscrições, quase 9 mil pessoas se candidataram a uma das vagas para obter ou mudar categoria da CNH sem nenhuma despesa 

O Governo de Goiás lançou a terceira etapa do Programa CNH Social, com oferta de 3 mil vagas, abrindo oportunidade para pessoas de baixa renda que precisam obter a Carteira Nacional de Habilitação. Em entrevista ao programa O Mundo em Sua Casa das rádios Brasil Central AM e RBC FM, a coordenadora do Programa, Ednalva Garcia, informou que a procura é muito grande, como ficou provado no primeiro da nova etapa, quando quase 9 mil pessoas fizeram inscrições.

Até agora já foram executadas duas fases, com atendimento de aproximadamente 6 mil pessoas. Ednalva Garcia explicou que o programa tem relevante função social, porque permite que pessoas de baixa renda se qualifiquem para trabalhar, obtendo ou alterando a categoria de sua CNH a custo zero. “A média para retirar CNH categoria B está em R$ 1.700,00. Portanto, essa é uma economia considerável para quem já está com dificuldade financeira”, observou a coordenadora.

Para se candidatar a uma das vagas do CNH Social, o interessado precisa entrar no site do Detran (www.detran.go.gov.br), clicar no link CNH Social e depois em inscrições. Deve preencher corretamente o formulário, com todos os dados e acompanhar atentamente o cronograma que traz todas as datas como fim das inscrições, aplicação das provas escritas e testes de volante. O Governo de Goiás garante a realização de até três retestes, já que muitas pessoas, pelo nervosismo, acabam sendo reprovadas. Ednalva Garcia enfatizou também que pessoas com deficiência podem se inscrever e já há casos de candidatos aprovados com sucesso.  

ABC Digital

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás