Empresas: Capacidade de organização do tempo é fundamental para quem pretende empreender

Especialistas apontam que focar no momento presente, definindo as prioridades de demandas, interfere de forma positiva no fluxo de trabalho

As pessoas que têm perfil empreendedor devem levar em consideração a realidade do mercado, antes de abrir uma empresa, e estruturar um cuidadoso plano de negócios. Para obter êxito, torna-se indispensável apostar na organização diária, principalmente do tempo de dedicação em cada tarefa a ser executada. Buscar ferramentas digitais de gerenciamento de atividades, concentrar nas demandas e até mesmo apostar na meditação, podem ser algumas alternativas de otimização do trabalho no dia a dia da empresa.

O estudo “Empreendedorismo Informal no Brasil”, lançado recentemente pelo Sebrae, mostra que a formalização do empreendedor está diretamente ligada ao aumento da quantidade de horas dedicadas ao trabalho na empresa. Segundo o levantamento, entre os donos de pequenos negócios que dedicam até 14h por semana para a empresa, o nível de formalização é de apenas 17%. Já entre os empreendedores que dedicam 49 horas ou mais ao negócio, a taxa de formalização (empresa com CNPJ) alcança 49%.

Para a analista de relacionamento com cliente do Sebrae, Carolina Moraes, a boa administração do tempo interfere inclusive na gestão da vida. “É necessário ter foco e concentração. Além disso, viver o presente com presença. A nossa mente é um instrumento muito poderoso, mas geralmente está desfocada com projeções do futuro ou com lembranças do passado. Quanto mais conseguirmos estar plenamente no presente, mais o tempo será otimizado. Assim, as coisas costumam ocorrer de forma mais fluida”, comenta.

Metas
Segundo Carolina, torna-se indispensável estabelecer prioridades e objetivos no ambiente de trabalho. “Vale diferenciar coisas importantes de coisas urgentes. Ao destrinchar as atividades, é essencial identificar em uma empresa quem ficará responsável por cada uma delas. E, assim, estabelecer uma rotina, sabendo aonde se pretende chegar. A disciplina e a força de vontade são fundamentais para alcançar os objetivos”, analisa Carolina Moraes.

O terceiro passo é delegar funções, sem deixar a comunicação de lado. “Não dá para o empreendedor fazer tudo, ainda mais quando a empresa está crescendo. É importante certificar se as demandas repassadas ficaram claras. Tudo isso evita retrabalho, desperdício de tempo, energia e dinheiro”, acrescenta a analista. Outra orientação dela é observar o que faz o empreendedor perder tempo. “Vale monitorar o tempo gasto nas redes sociais, por exemplo, já que elas possuem mecanismos minimamente pensados para manter as pessoas conectadas o maior tempo possível”, recomenta Carolina.

Programas
Ao ajudar as equipes a agilizar o trabalho, a ferramenta colaborativa e on-line Trello é uma das opções disponíveis no mercado. Ela possibilita a inclusão de todas as atividades da empresa, marcar os responsáveis por cada tarefa, visualizar quando foi feita, além da viabilidade de estabelecer prazos. Para gerenciar o tempo, também vale testar a técnica Pomodoro Timer, criada em 1980, por Francesco Cirilo. Por meio dela, dá para separar as tarefas em pequenos intervalos de 25 minutos, chamados de “pomodoros”, e definindo ainda pausas de descanso.

Por Agência Sebrae de notícias

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás