Educação pública: MEC e FNDE cumpriram agenda em Goiás nesta quinta-feira, 7 de outubro

O objetivo foi esclarecer dúvidas sobre programas, políticas públicas e prestação de contas das prefeituras do estado

O Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), promoveu uma agenda em Goiás, com o intuito de esclarecer dúvidas sobre os principais programas e as políticas públicas da Pasta, além de auxiliar os gestores na prestação de contas dos municípios. A ação já atendeu a mais de 1.300 municípios de todo o Brasil.

Gabriela Gonçalves colaborou na produção desta matéria

O atendimento, que foi realizado na capital do estado, contou com a presença do Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, e do presidente do FNDE, Marcelo Ponte. O evento contabiliza mais uma oportunidade para que os gestores se aproximem do Ministério e aprimorem a gestão educacional em suas regiões

Ribeiro afirmou, em sua fala no evento, que está contente com a recepção das prefeituras ao convite para essas reuniões que são promovidas pelo MEC/FNDE, com o objetivo de regularizar a situação das prefeituras e concluir projetos que foram paralisados. “Muitos dos parlamentares e políticos estão sensíveis, e atendem o nosso chamado e nosso desafio, isso é muito bom, eu fiquei muito feliz. Por isso, em um ano e três meses, nós entregamos 1.600 obras que estavam paradas. É isso que nós queremos para o nosso Brasil (…)”, ressaltou o ministro.

Nesse sentido, Marcelo Ponte ressaltou a importância da repactuação de obras inacabadas e lembrou que o FNDE estendeu o prazo para que as solicitações fossem realizadas até 30 de dezembro. “O período foi estendido considerando a necessidade de garantir um prazo adequado aos gestores municipais e estaduais que demonstraram interesse em retomar suas obras inacabadas, garantindo que tenham tempo hábil para enviar toda a documentação necessária para celebração do novo ajuste (…)”, afirmou o presidente do FNDE.

Ainda nesta quinta-feira (07), o ministro da Educação participou de uma reunião para discutir a respeito da aplicação dos fundamentos da Frente Parlamentar de Apoio ao Ensino Militar na Realidade Escolar do estado de Goiás. Também foi realizada uma reunião com representantes das Escolas Cívico-Militares (Ecim) do estado para debater acerca da capacitação, adesão e implementação do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim) no Goiás.

Somente em 2020, foram implantadas quatro Ecim no estado, sendo uma em Águas Lindas, uma em Valparaíso de Goiás, uma em Luziânia e uma em Santo Antônio do Descoberto. Em 2021, duas novas unidades escolares aderiram ao Programa e estão na fase inicial da implantação.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás