Melhoria da qualidade da alfabetização: MEC disponibiliza as Avaliações Formativas para Ensino Fundamental

A ferramenta de avaliação é direcionada aos estudantes que estão nos anos iniciais e finais

O Ministério da Educação disponibiliza as Avaliações Formativas, direcionadas ao Ensino Fundamental, anos iniciais e finais. 

A avaliação possibilitará a realização de diagnóstico quanto ao nível de aprendizagem do estudante, para fins de personalização do ensino, medindo de maneira profunda e individual o processo de ensino-aprendizagem.

 As avaliações serão disponibilizadas tanto para rede pública quanto para a particular caso haja interesse, por meio de uma plataforma específica e desenvolvida em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF).

 As Avaliações Formativas se configuram como um método diferenciado dos aplicados atualmente, por não exigir que o estudante reproduza o conteúdo dado em sala de aula, mas sim que demonstre o seu desenvolvimento pessoal.

Esse projeto teve início ainda em novembro de 2020, quando o MEC definiu como prioridade apoiar as redes de educação de todo o país no diagnóstico das deficiências de aprendizagem causadas pela suspensão das aulas presenciais na grande maioria das escolas brasileiras. A proposta contempla uma importante ferramenta para avaliação da fluência em leitura oral dos estudantes do 2° ao 9º ano, representando uma inovação do projeto.

Os professores terão, ainda, disponível outra inovação: as devolutivas pedagógicas auxiliarão os professores na definição das medidas e abordagens pedagógicas para reduzir as deficiências de aprendizagem com a compreensão da situação de cada estudante e turma. As matrizes de avaliação e as referências curriculares também estarão disponíveis para que os professores possam ter acesso. Além disso, todos os itens possuem comentários explicitando seu alinhamento com a BNCC.

O resultado também contribuirá com programas como o Tempo de Aprender, que tem seu terceiro eixo voltado ao aprimoramento das avaliações da alfabetização e preconiza o provimento de avaliações formativas para atenção individualizada às redes públicas aderentes ao programa. Já no caso do Programa Brasil na Escola, o resultado ajudará na implementação da estratégia de acompanhamento personalizado das aprendizagens, sobretudo na redução das desigualdades em sala de aula e nas unidades escolares. 

A ferramenta é parte da ação de assistência técnica por parte da União voltada aos entes da federação e contribui diretamente para a melhoria da qualidade da alfabetização

Acesse a plataforma em: avaliacoes.mec.gov.br

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Denilson Alves

Editor do Portal Nosso Goiás