15 de abril de 2024
EmpresasNoticia e política

Terceira edição do Codego + Daia conta com participação da Secretaria da Retomada

A terceira edição do projeto Codego + Daia, realizado nesta terça-feira (12), na sede administrativa do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), contou com a participação da Secretaria de Estado da Retomada.

Uma vez ao mês, diretores e técnicos da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) cumprem expediente no Daia, promovendo um canal direto de comunicação com os empresários, trabalhadores do parque industrial e a população.

A Ouvidoria da Codego também realizou atendimentos e recebeu os elogios, as críticas e as sugestões de melhorias para administração do Daia. “Com atendimento especializado, podemos acompanhar mais de perto as necessidades do distrito, que é uma referência para o País, para continuarmos avançando e desenvolvendo um ambiente ainda mais propício para o crescimento do Daia e de Goiás”, destacou o presidente da Codego, Francisco Jr.

A Codego e a Secretaria de Estado da Retomada firmaram uma parceria para levar para Anápolis o programa Mais Empregos. Na oportunidade, foi feito o cadastro das vagas de trabalho que estão abertas nas indústrias do Daia para divulgar para a população interessada nas oportunidades.

“Em nome do secretário da Retomada, César Moura, agradecemos o convite para participar do evento. O objetivo do governo é empregar quem precisa e alcançar os empresários que estão com vagas abertas. Além disso, queremos divulgar para a população o aplicativo Minha Vaga, que foi recentemente lançado para o estado. Tudo isso sem custo algum para a população”, ressaltou Carolline Alves, gerente do Programa Mais Empregos.

Edições

Durante a primeira edição do programa Codego + Daia, em janeiro, a estatal contou com a colaboração do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO). Os órgãos alinham uma parceria para restaurar e ampliar a sinalização do distrito.

Já a segunda edição teve a colaboração da Goiás Fomento, que apresentou as opções de crédito que são oferecidas pela estatal com condições mais favoráveis para diferentes objetivos e necessidades, que podem contribuir com o crescimento das indústrias instaladas no polo e com a geração de mais empregos para o estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *