15 de abril de 2024
Noticia e políticaSaúde e comportamento

Secretaria de Saúde reforça o alerta sobre risco da dengue em grávidas

O Jornal Brasil Central dessa segunda-feira (1/4) reforçou, em reportagem, o alerta sobre os perigos da dengue, especialmente para as mulheres que estejam grávidas. Na última quarta-feira (27), morreu em Goiânia a influenciadora Sofia Amorim, de 22 anos de idade, grávida de sete meses de um bebê que também não resistiu. Entrevistada, a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Flúvia Amorim, renovou o alerta sobre cuidados: usar repente, roupa de manga comprida, cortinado nas camas e, no surgimento de qualquer sintoma, procurar imediatamente o serviço de saúde pública.

A dengue em gestantes pode ser uma doença grave, tanto que as gestantes são consideradas um grupo de risco, para desenvolver formas mais graves, devido à própria situação em que a gestante se encontra, porque todo o seu organismo está ali dividido com o ser que ela está gerando e por isso para a gestante existe um manual de manejo clínico que o Ministério da Saúde criou, justamente para que elas tenham uma atenção maior se tiverem com suspeita de dengue”, afirmou Flúvia. Em Goiás, este ano já estão contabilizados 74.647 casos de dengue, um aumento de 264% em comparação com o ano passado. Nesse mesmo período foram confirmadas 84 mortes e 101 estão em investigação.

Por ABC Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *