26 de maio de 2024
ArtigosNoticia e políticaSaúde e comportamento

Qual é o melhor antibiótico para infecção urinária?

A forma mais comum de infecção urinária, responsável por cerca de 90% dos casos, é a cistite (infecção da bexiga). Os sintomas habituais da cistite são ardência para urinar, vontade de urinar a todo momento, sangue na urina e/ou sensação de peso na região púbica.

O tratamento da cistite deve ser feito sempre com antibióticos. No entanto, não existe um antibiótico específico que seja a melhor opção para tratar todos os casos de infecção urinária. A decisão sobre o melhor antibiótico deve ser individualizada, levando-se em conta fatores como perfil de resistência das bactérias na comunidade na qual o paciente vive, o tipo de bactéria causadora da infecção em questão, estado clínico do paciente, etc.

Podemos, porém, listar as opções mais comuns de antibióticos prescritos para infecção urinária. Exceto em situações específicas, o médico provavelmente prescreverá uma das seguintes opções de tratamento listadas abaixo:

Antibióticos de primeira linha para infecção urinária:

Antibióticos alternativos para infecção urinária:

  • Amoxicilina + clavulanato 500 mg de 12/12 horas por 5 a 7 dias (amoxicilina pura, sem ácido clavulânico, não é muito eficaz para tratar cistite).
  • Cefadroxil 500 mg por via oral duas vezes ao dia por 5 a 7 dias.
  • Cefpodoxima 100 mg por via oral duas vezes ao dia por 5 a 7 dias.
  • Levofloxacino 250 mg a 500 mg 1 vez por dia por 3 dias (mulheres) ou 5 dias (homens).
  • Ciprofloxacino 250 a 500 mg de 12/12 horas por 3 dias (mulheres) ou 5 dias (homens).
  • Norfloxacino 400 mg de 12/12 horas por 3 dias.

Para informações mais completas sobre a infecção urinária, acesse:

Autor(es)

Dr. Pedro Pinheiro

Dr. Pedro Pinheiro

Médico graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com títulos de especialista em Medicina Interna e Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Universidade do Porto e pelo Colégio de Especialidade de Nefrologia de Portugal.

Fonte: mdsaude.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *