26 de maio de 2024
Noticia e política

Prefeitura de Anápolis leva vacina antirrábica aos cães e gatos de Branápolis e Goialândia

Postos fixos também estão disponíveis de segunda a sexta-feira em outras regiões do município

Todos os cães e gatos com idade acima de três meses, do distrito de Goialândia e do povoado de Branápolis, poderão ser vacinados contra a raiva na próxima semana. Esta é a meta da Secretaria Municipal de Saúde, que trabalha para ampliar a cobertura vacinal antirrábica em todo o município.

Os agentes da Vigilância em Zoonoses estarão em Branápolis na segunda-feira, 6, e em Goialândia na terça-feira, 7. Poderão receber a vacina cães e gatos na faixa etária definida que ainda não foram vacinados. A ação será realizada de casa em casa, das 8h às 12h.

“Iremos nessas duas regiões para atingir o maior número de animais. Já temos um cronograma para as próximas semanas, que será divulgado em breve. É importante que os moradores recebam o vacinador e protejam seu pet contra a raiva. É bom lembrar que a vacinação deve ser realizada anualmente”, disse o diretor de Vigilância em Saúde, Júlio César Spíndola.

Além dessa ação em locais específicos, a Prefeitura disponibiliza três postos fixos para a vacinação antirrábica em Anápolis: Centro de Controle de Zoonoses, Clínica Veterinária da Universidade Evangélica de Goiás (UniEvangélica) e Clínica Veterinária da Faculdade Anhanguera. Cada local tem um cronograma de atendimento (veja abaixo).

A vacina antirrábica não possui restrição para fêmeas prenhas ou cães idosos. Os animais afetados pela raiva podem transmitir a doença para os humanos, causando até a morte. Ela é uma doença infecciosa viral aguda, sem cura, que acomete mamíferos e se caracteriza como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade.

A raiva é causada pelo vírus do gênero Lyssavirus, com letalidade próxima a 100%. Pode ser transmitida ao ser humano por meio de mordedura, lambedura ou arranhadura de animais contaminados. Além de cães e gatos, bovinos, equinos, suínos, macacos, morcegos e animais silvestres também podem transmitir a raiva.

Os animais com suspeita da doença apresentam sintomas como salivação espessa e excessiva, paralisia, falta de apetite, hidrofobia, fotofobia, dilatação das pupilas, além de alterações de comportamento, como agressividade, autoataque, cansaço e reclusão em locais escuros.

Postos fixos para vacinação antirrábica:

  • Centro de Controle de Zoonoses: segunda a sexta-feira das 8h às 17h.
  • Clínica Veterinária da Universidade Evangélica de Goiás (UniEvangélica): segunda a quinta-feira das 13h30 às 17h30.
  • Clínica Veterinária da Faculdade Anhanguera de Anápolis: segunda a sexta-feira das 9h às 18h.

Secom Prefeitura de Anápolis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *