26 de maio de 2024
Noticia e políticaSaúde e comportamento

Prefeitura de Aparecida de Goiânia inaugura Maternidade Municipal Maria da Cruz Gomes Santana


Em pleno funcionamento, unidade tem capacidade para 101 leitos e já conta com as primeiras 10 UTI’s neonatais da cidade

Foto: Ênio Medeiros

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia inaugurou, na manhã desta quinta-feira, 2 de maio, no Setor Garavelo Residencial Park, a nova Maternidade Municipal, denominada Maria da Cruz Gomes Santana. A unidade, localizada no prédio que sediou o Hospital Garavelo, adquirido pela Prefeitura, já está em funcionamento sob a gestão direta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e é 100% pública.

Com investimento de R$ 35 milhões da Prefeitura, a Maternidade tem 30 leitos em pleno funcionamento, previsão de chegar a 60 até o fim do ano e capacidade para 101. A nova unidade tem, ainda, as primeiras 10 UTI’s neonatais (Destinadas a bebês que tenham tido complicações ao nascer, doenças pré-detectadas ou diagnosticadas no parto) públicas da cidade e funciona 24 horas por dia o ano inteiro oferecendo atendimento emergencial e ambulatorial às gestantes da cidade via Sistema Único de Saúde (SUS).

A solenidade de inauguração reuniu o prefeito Vilmar Mariano, o governador Ronaldo Caiado e o secretário municipal de Saúde Alessandro Magalhães, além do ex-prefeito Gustavo Mendanha e deputados federais e estaduais, vereadores e gestores do Estado e do Município, bem como a comunidade local.

Compromisso com a população

O prefeito Vilmar Mariano enfatizou que a Saúde Pública é uma prioridade de sua gestão, agradeceu a parceria com os governos estadual e federal e destacou que “em Aparecida só inauguramos o que já está pronto e à serviço da população. Aqui na Maternidade os serviços foram iniciados há dois meses trazendo conforto para as gestantes em instalações modernas. Aqui é tudo de primeira. Esse foi um compromisso que fiz desde o primeiro dia como prefeito e agora tenho a satisfação de entregar para o povo. Essa inauguração é um sonho realizado que já apresenta resultados muito positivos. ”

A Maternidade está funcionando desde o último 19 de fevereiro. Até agora, já foram feitos mais de 1700 atendimentos de urgência e emergência, 164 partos, mais de 300 ultrassonografias e 62 procedimentos.

“Agora, milhares de moradoras de Aparecida têm uma Maternidade de excelência para que tenham, no parto e após ele, um controle adequado e com segurança. Este é um momento de aplaudirmos todos que trabalharam para que esse hospital se tornasse público, especialmente o prefeito, permitindo que as pessoas possam nascer em Aparecida. O pertencimento a uma cidade é uma coisa muito forte para todos nós”, declarou o governador Ronaldo Caiado.

Ampla assistência às mulheres

Em seu discurso, o secretário Alessandro Magalhães explicou que a Maternidade atende a pessoas de Aparecida e também de toda a região Centro-Sul do Estado. “Graças à parceria com o governo estadual, já temos 10 UTI’s neonatais e estudamos a possibilidade de expandirmos para 20, suprindo toda a demanda por esse tipo de UTI. Com a maternidade, a cidade atinge 400 leitos, no total. Aqui atenderemos urgências obstétricas, que é porta aberta, e também casos encaminhados via regulação”, acrescentou ele.

Alessandro ainda destacou que “estamos redefinindo a antiga maternidade, a Marlene Teixeira, que será reformada e depois se tornará um Centro de Atendimento À Mulher. Sobre essa nova unidade, preciso agradecer ao prefeito Vilmar, que, numa decisão pessoal, determinou e trabalhou pela compra desse hospital. Sem ele não estaríamos aqui hoje. Agradeço também ao Olavo Noleto, do governo federal, que possibilitou ampliar os recursos para Aparecida e desafogar nossos cofres para podermos fazer essa compra. ”

O secretário também relatou que a Maternidade é apenas “a cereja do bolo, por trás dela há toda uma ação de planejamento na assistência à mulher em Aparecida. Com o apoio irrestrito da Prefeitura, a Secretaria de Saúde dobrou o número de ginecologistas na cidade, ampliou as mamografias e ultrassons e criou um programa de acolhimento às mulheres vítimas de violência no Centro de Especialidades, dentre outras iniciativas. ”

Homenagem à Maria da Cruz  

Emocionada, a primeira-dama e secretária de Assistência Social, Sulnara Santana, agradeceu pela homenagem à mãe dela, Maria da Cruz Gomes Santana, moradora da região do Garavelo desde 1983 e falecida há alguns anos devido à covid-19. Sulnara ressaltou a dedicação e o amor à Aparecida de sua mãe, o que motivou o vereador Fábio Ideal a apresentar na Câmara Municipal o Projeto de Lei que sugeriu o nome da nova Maternidade.

Em seu discurso, representando o Legislativo Municipal, Fábio Ideal enfatizou a relevância da homenagem e elogiou o trabalho da Prefeitura: “Graças também a vocês, hoje os aparecidenses têm orgulho de sua cidade, que é a segunda maior do Estado, tem História e muito valor”.

Citando o trabalho da Secretaria de Saúde, o ex-prefeito Gustavo Mendanha afirmou que “avançamos muito nos últimos anos na assistência às pessoas e hoje o prefeito Vilmar entrega uma obra de uma envergadura muito importante”. Gustavo ainda aproveitou para pedir ao governador mais uma parceria com a cidade para a criação de um centro de atendimento a pacientes com câncer, proposta que foi prontamente apoiada pelo prefeito.

Nos discursos, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, falou da segurança das gestantes de Aparecida em ter uma Maternidade para ter seu parto com toda a assistência necessária com mais tranquilidade e segurança. Já o deputado estadual Veter Martins exaltou o papel do prefeito Vilmar na realização da nova Maternidade: “É isso que o povo espera daqueles que estão no poder”.

Parabenizando a Prefeitura, o pessoal da Saúde e os vereadores de Aparecida pelo trabalho conjunto em prol da população, o deputado federal Rubens Otoni lembrou: “Sou testemunha do esforço, da dedicação, da presença de vocês em Brasília em reuniões para buscar recursos para a Saúde do Município. Por isso, fico muito satisfeito pelo governo federal ajudar Aparecida com o custeio da Saúde, o que é o mais difícil. Aqui, hoje, vemos a capacidade de tornar realidade um sonho que atravessou várias administrações. ”

Quem também não poupou elogios para o crescimento da cidade foi o ex-deputado federal João Campos, que, dirigindo-se ao prefeito Vilmar, finalizou a série de discursos afirmando: “O que o senhor está fazendo em Aparecida dá muita satisfação a todos nós, à classe política e à população”.

Secom Prefeitura de Aparecida de Goiânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *