24 de maio de 2024
Direito e cidadaniaNoticia e política

Direitos do consumidor: Procon retira de circulação carnes impróprias para consumo

Nesta semana, fiscais do Procon Goiás apreenderam mais de 200 quilos de carnes impróprias para o consumo em estabelecimentos de Novo Gama e Cidade Ocidental, no entorno do Distrito Federal. Durante dois dias, os agentes fiscalizaram 12 empresas nesses municípios e cinco supermercados foram autuados por colocar em circulação produtos que põem a saúde dos consumidores em risco.

Carnes impróprias para consumo

No total, foram apreendidos quase 90 quilos de carne bovina, 55 quilos de calabresa, 55 quilos de carne de frango, além de peixes, mantas de bacon e linguiças para churrasco. Nos estabelecimentos, segundo os fiscais, as carnes estavam mal armazenadas e algumas com cor escurecida e aspecto de apodrecimento.

Os produtos embalados estavam sem informações sobre origem, fabricante e fora do prazo de validade. Além das carnes, também foram apreendidos quase 20 quilos de produtos como feijão, pães e iogurtes que estavam nas prateleiras mesmo com o prazo de validade já expirado.

Os supermercados autuados têm 20 dias para apresentar defesa e poderão ser multados com valores que variam entre R$ 754 e R$ 11 milhões, dependendo da gravidade, da reincidência e do faturamento das empresas.

Denúncia

O consumidor que quiser realizar denúncia, deve entrar em contato com o Procon Goiás pelos telefones 151 (Goiânia) ou (62) 3201.7124 (interior). O contato pode ser feito ainda pela plataforma Procon Web.

Orientações aos consumidores

O Procon Goiás orienta os consumidores que, ao comprar qualquer carne, devem estar atentos a cor do produto, ao prazo de validade e selo de inspeção. A carne bovina deve estar avermelhada, com consistência firme e as aves não podem apresentar nenhum ponto escurecido.

As carnes congeladas não podem ter presença de líquido ou cristais de gelo na embalagem, isso pode indicar que o produto foi congelado e descongelado algumas vezes. É importante que o consumidor também se atente às condições de higiene do local onde for fazer suas compras.

Procon Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *