24 de maio de 2024
Direito e cidadaniaNoticia e política

Prefeitura de Goiânia promove 2ª edição da Semana Nacional do Registro Civil

Ação é organizada pelo Poder Judiciário em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social do município. Evento ocorre de 13 a 17 de maio, no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop)

Foto: Sedhs

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs), realiza a 2ª edição da Semana Nacional do Registro Civil – Registre-se. O evento ocorre de 13 a 17 de maio, no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) com o objetivo de ampliar o acesso à documentação básica para pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade social.

O evento é organizado pelo Poder Judiciário, Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás e Diretoria de Planejamento e Programas, com coordenação da Gerência de Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua, da Sedhs. A estimativa é realizar mais de 800 atendimentos diários durante o período da ação.

Segundo o IBGE, cerca de três milhões de brasileiros não possuem registro civil de nascimento. “O registro civil é uma conquista de direitos e de deveres perante a sociedade. Ele promove ações que asseguram a dignidade e o exercício da cidadania”, destaca a titular da Sedhs, Luanna Sousa.

Programação

A Semana Nacional de Registro Civil – Registre-se é uma das primeiras ações do Programa de Enfrentamento ao Sub-registro Civil e de Ampliação ao Acesso à Documentação Básica por Pessoas Vulneráveis.

O Registre-se tem início na segunda-feira (13/5), com abertura oficial às 10h, no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), localizado na Alameda Botafogo, nº 68, quadra A, lote 05, no Centro de Goiânia. Os atendimentos acontecem das 14h às 17h.

De 14 a 16 de maio, a iniciativa será das 9h às 17h. Já no dia 17 de maio, ocorre das 9h às 12h. Equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas) percorrem diversos setores, a fim de intensificar a força-tarefa de encaminhamento de usuários aos serviços e benefícios ofertados.

A programação contempla emissão de documentos (certidão de nascimento, RG e CPF), realização e atualização de CadÚnico (instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias de baixa renda), obtenção do ID Jovem (Carteira de Identidade Jovem), além de disponibilização de alimentação, corte de cabelo, higiene, oferta de roupas e calçados, acolhimento institucional e suporte com equipes formadas por psicólogos, assistentes sociais e educadores sociais.

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social (Sedhs) – Prefeitura de Goiânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *