26 de maio de 2024
EmpresasNoticia e política

Cana-de-açúcar é destaque do Agro em Dados de maio

Projeção da Conab aponta para uma produção estimada de 76,6 milhões de toneladas de cana em Goiás na safra de 2023/24

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) divulgou nesta quinta-feira (9/5) a edição de maio do Agro em Dados. Informativo mensal reúne os indicadores dos principais institutos de pesquisa e bases de dados do agronegócio brasileiro, com o recorte para Goiás.

Neste mês, o destaque da publicação foi a cana-de-açúcar, planta crucial para a economia global por ser uma das principais fontes de açúcar e biocombustíveis.

O secretário em substituição, João Asmar Júnior, destaca que a edição de maio do Agro em Dados apresenta “um panorama abrangente da produção de cana-de-açúcar, ilustrado por números, gráficos e análises que revelam a trajetória dessa cultura milenar, cultivada há quase cinco séculos no Brasil”.

Cana-de-açúcar é destaque do Agro em Dados de maio

CANA-DE-AÇÚCAR

Atualmente, a cana-de-açúcar ocupa a terceira maior área de lavouras do país, ficando atrás apenas da soja e do milho. A cultura está em terceiro lugar também no valor das exportações do agro brasileiro, com US$ 5,1 bilhões, no acumulado de janeiro a março de 2024. Para a nova safra (2024/25), a primeira projeção da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê uma ampliação de área da cultura em 4,1% no Brasil, e 1,1% em Goiás.

A projeção da Conab aponta ainda para uma produção estimada de 76,6 milhões de toneladas de cana em Goiás na safra de 2023/24, colocando o estado em 3º lugar no ranking nacional, com 10,7% da produção total do país. Já quanto ao principal derivado da planta, o etanol, a estimativa é que Goiás produza 4,7 bilhões de litros do combustível na safra 2023/24, número que representa 16,0% da produção nacional e coloca o estado em 2º lugar no ranking brasileiro.

Outro destaque é o crescimento no âmbito das exportações do complexo sucroalcooleiro, que inclui o açúcar de cana em bruto, o açúcar refinado e o etanol. No acumulado de janeiro a março, Goiás exportou 270,4 mil toneladas dos produtos, com um aumento de 57,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já o valor das exportações teve um aumento de 63,3%, alcançando US$ 154,4 milhões no acumulado de janeiro a março de 2024.

Assim como nas demais edições, o informativo traz ainda números e análises referentes à produção e exportação de bovinos, suínos, frangos, produtos lácteos, milho e soja. O objetivo é disponibilizar informação de qualidade e divulgar os resultados de setores-chave do agronegócio goiano.

“O material fornece informações precisas e estratégicas, capacitando agricultores, empresários e demais interessados a tomar decisões informadas, impulsionando, assim, o desenvolvimento sustentável da agropecuária goiana”, completa João Asmar.

Para ler o Agro em Dados de maio na íntegra, acesse o link:

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Governo de Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *