20 de julho de 2024

PORTAL NOSSO GOIÁS NOTÍCIAS

Portal de Conteúdos e Notícias

Noticia e políticaShows e Eventos

Portuguesa Ana Laíns canta pela primeira vez em Goiânia

Com o concerto “Mátria Língua”, ela divulga o fado pelo mundo

A fadista Ana Laíns, conhecida em Portugal como a “cantora colorida”, a quem os gregos também chamam de “Diva de um Fado diferente”, e os franceses de “virtuosa do palco”, desembarca em Goiânia, no dia 13 de junho, quinta-feira, para realizar sua primeira apresentação no Teatro Sesi, às 19h45. O concerto intimista, intitulado “Mátria Língua” é uma homenagem à Língua Portuguesa e à Lusofonia.

A artista, de 44 anos, que pertence a uma nova geração de cantoras de Fado, subirá ao palco acompanhada pelos músicos Paulo Loureiro (piano, voz e direção musical), Carlos Lopes (acordeão e voz)  e Ricardo Silva (guitarra portuguesa). A fadista portuguesa convida o público de Goiás e do Distrito Federal para vivenciar um concerto que conta séculos de história, celebra Camões e os seus 500 anos, e desdramatiza o Fado de Lisboa. “Convido a todos a conhecer um Portugal mais eclético, mais diverso e multicultural”, anuncia Ana Laíns.

O espetáculo, com duração de 1h30, começa com a interpretação de músicas de cantores brasileiros que fizeram história em Portugal. Entre eles: Ivete Sangalo, Elis Regina e Fafá de Belém. “Em Portugal, ouvimos muita música brasileira. É uma realidade para mim desde sempre”, garante Ana Laíns. O repertório também inclui versos de poetas lusitanos como Fernando Pessoa, Florbela Spanca e Sophia de Mello Breyner, além de uma visita à escrita da poetisa carioca Cecília Meireles. “Ainda faremos uma homenagem a outros importantes nomes da música e da literatura com o doce sotaque do Brasil. Carlos Drummond de Andrade com “Parolagem da Vida” e “Sou Dual” de Ana Laíns e Ivan Lins, são duas das canções que poderão ser ouvidas durante o concerto”, revela a fadista portuguesa.

O Concerto também explora o Fado e as suas origens, os ritmos tradicionais portugueses que muitas vezes se cruzam com os ritmos brasileiros. Ana ainda cantará em Mirandês, língua falada no Noroeste da Península Ibérica, considerada a segunda língua oficial de Portugal. “Há a ideia de que a música portuguesa se centraliza no dramatismo fadista, mas não sou de todo uma fadista dramática. Pelo contrário, sou muito alegre”, avisa ela.

Em Goiânia, o concerto “Mátria Língua” conta ainda com a participação especial da cantora Maria Eugênia, que subirá ao palco para cantar dois fados: cantando “Fado de Vila Boa” e “Fado Tropical”, prometendo uma noite memorável ao lado de Ana Laíns. Com sua presença marcante e talento, será uma adição extraordinária ao evento, encantando a plateia com sua interpretação única. Vale lembrar que os portugueses têm um carinho especial e antigo por Maria Eugênia. A cantora estreitou seus laços com Portugal no ano de 1998, quando participou da Expo Lisboa, apresentando cinco shows no pavilhão do Brasil. Em 2008, retornou ao país com o show acústico “Corda e Canto”, percorrendo várias cidades portuguesas.

Apaixonada por música desde os 6 anos de idade, Ana Laíns se profissionalizou aos 19 anos. Já lançou quatro discos e mantém parceria de longa data com o compositor carioca Ivan Lins e com a cantora paraense Fafá de Belém. “Não escondo o imenso amor e admiração que tenho pelo Brasil e sua cultura. Sinto o Brasil como Portugal: um pouco meu”, declara a cantora. Em 2021, Ana Laíns fez sua primeira turnê brasileira começando por Salvador (BA), Fortaleza (CE) e em Brasília (DF). Em 2022, esteve em Belo Horizonte (MG). Em 2024, regressa a Belo Horizonte, visita Goiânia pela primeira vez, e segue para Fortaleza onde termina suas apresentações.

Com 25 anos de profissão, a artista multifacetada está construindo uma carreira discreta, mas inquestionavelmente sólida e autossuficiente.  Em Portugal, é considerada uma das mais bonitas vozes da Língua Portuguesa. “Gosto de ser conhecida como a “Cantora Colorida”, onde as cores representam em grande parte a positividade que esbanjo em minhas músicas que conferem uma qualidade mais contemporânea e universal da música portuguesa”, destaca Ana Laíns.

A cantora se apresenta em Goiânia a convite da diretoria da Câmara de Comércio Brasil Portugal Centro-Oeste – Sucursal Goiás (CCBP-GO), com apoio da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil. O evento comemora o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em todo o mundo. Os ingressos podem ser adquiridos pelo www.sympla.com.br , com lugares não marcados – no valor único de R$ 175,00 (Cento e setenta e cinco reais). Informações pelos telefones (62) 3604.0700 // 99989.9429.

Sobre o Dia de Portugal – É a primeira vez que a diretoria da Câmara de Comércio Brasil Portugal Centro-Oeste – Sucursal Goiás (CCBP-GO) promove um evento internacional, em Goiânia, para comemorar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas que é celebrado, anualmente, em 10 de junho, data da morte do poeta e dramaturgo Luís Vaz de Camões, autor de “Os Lusíadas”. Este feriado nacional também presta homenagem a Portugal, aos portugueses, à cultura lusófona e à presença portuguesa por todo o mundo.

Resumo da discografia de Ana Laíns – Em 1999, se torna cantora profissional após ter vencido a “Grande Noite do Fado” de Lisboa no Coliseu dos Recreios. Começa no Fado e nos ritmos da Música Tradicional Portuguesa, mas vai mais além. Em 2006, com o álbum de estreia “SENTIDOS”, é considerada uma das grandes revelações do ano na Música Portuguesa.  Ana Laíns interpreta poemas de autores como Florbela Espanca, Lídia Oliveira ou António Ramos Rosa e Jorge Fernando. A sua projeção internacional acontece quando, em 2009, o cantor-compositor britânico Boy George, premiado com o Grammy Awards, convida Ana Laíns para cantar o tema “Amazing Grace”, justificando a escolha por considerar a cantora dona de uma “voz sublime”. Em 2010 surge “QUATRO CAMINHOS”, disco amplamente aplaudido pela crítica internacional. Na Holanda, o álbum fica entre os 10 melhores discos do ano na área da World Music. Na Inglaterra, o “Daily Planet” destaca a voz pura e poderosa. No final de 2017 surge “PORTUCALIS”, o disco que valeu à cantora nomeações nas categorias para “Melhor Cantora Portuguesa 2017”, “Melhor Canção 2017” e “Melhor Concerto 2017”, tendo como referência o concerto na Casa da Música no Porto. O disco foi considerado um dos 10 melhores álbuns do ano pela imprensa sueca e espanhola. Em 2021, lança “20 ANOS – ANA LAÍNS E CONVIDADOS AO VIVO NO CASINO ESTORIL”, um álbum gravado no concerto de celebração de 20 anos de carreira da artista que esgotou o Salão Preto e Prata do Casino Estoril em janeiro de 2020. Este álbum,  alçado ao Top Nacional de vendas em Portugal, conta com participações de vários convidados como Luís Represas, Ivan Lins, Mafalda Arnauth, Fernando Pereira, entre outros.  Este trabalho tem também a peculiaridade de não esquecer a segunda língua oficial portuguesa, o Mirandês, uma vez que, em colaboração com a Associação de Língua Mirandesa, todas as canções do repertório deste concerto foram traduzidas para esta língua.

Fotos: arquivo pessoal
Legenda: Ana Laíns com o seu Adufe

Anote aí:

O Que: Concerto Mátria Língua com a fadista portuguesa Ana Laíns
Data: 13 de junho de 2024 (quinta-feira)
Horário: 19h45
Local: Teatro Sesi – Av. João Leite, 1013 – Santa Genoveva, Goiânia – GO.
Valor do ingresso individual: R$ 175,00 – Observação: sem lugar marcado
Ingressos já estão a venda pelo site www.sympla.com.br
Mais Informações: (62) 3604.0700 // 99989.9429

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *