18 de julho de 2024

PORTAL NOSSO GOIÁS NOTÍCIAS

Portal de Conteúdos e Notícias

Noticia e políticaSaúde e comportamento

Saúde em Goiânia avança em tecnologia para aprimorar Samu e diversos serviços

Afirmação é feita pelo secretário de saúde, Wilson Pollara, durante participação no programa Café com CBN, na manhã desta quinta-feira (13/6)

O secretário municipal de Saúde de Goiânia, Wilson Pollara, foi um dos participantes, juntamente com o prefeito Rogério e outros secretários municipais, do programa Café com CBN, especial realizado pela rádio do Grupo Jaime Câmara que trata de todos os assuntos pertinentes à administração de uma cidade, nesta quinta-feira (13/6). Um dos pontos destacados pelo secretário, que também é médico, foi o avanço em tecnologia na área da saúde.

Foto: SMS

Um dos aspectos mais inovadores discutidos foi a incorporação da Inteligência Artificial (IA) na identificação, atendimento e acompanhamento de pacientes com risco cardíaco. Hoje, com o uso de um software, o município é capaz de identificar pacientes com alto risco de desenvolver determinadas condições de saúde, permitindo uma intervenção precoce e personalizada. “Nós temos um sistema que identifica pacientes que, pela soma e acúmulo de fatores de risco, possuem 60% de chance de desenvolver infarto ou AVC nos próximos dois anos”, destacou Pollara.

“Chamamos 154 pacientes que foram identificados na região do último mutirão. Todos passaram por consulta, e cinco já foram enviados imediatamente para o tratamento cardíaco. Pessoas que tinham problemas, mas não sabiam, não apresentavam sintomas ainda. Vamos entregar um cartão de prioridade que vai permitir que esse paciente não fique mais em fila ao chegar em qualquer unidade de emergência, será imediatamente atendido”.

Ainda sobre o uso da tecnologia, o secretário ressaltou a urgência em modernizar o Samu. “O objetivo é atualizar a estrutura do Samu, incorporando novas tecnologias e práticas de atendimento, como a introdução da telemedicina. Essas mudanças visam melhorar a eficiência do serviço e garantir um atendimento ágil e de qualidade à população”, complementou o secretário.

Wilson Pollara esclareceu que não se pretende terceirizar o Samu, e que o projeto para a melhoria do serviço não inclui nenhuma interferência para os médicos, enfermeiros e técnicos. “Os motoristas são o único setor que necessita de diálogo, porque como nós vamos partir para as ambulâncias alugadas, a locadora não concorda que nós coloquemos o nosso motorista. Mas nós temos muita necessidade deles no transporte sanitário. Então, todos eles vão continuar na mesma função, fazendo a mesma coisa e ganhando mais”, explicou.

Outro ponto discutido durante o bate-papo foi a infraestrutura da pasta, incluindo a distribuição de materiais e a logística de atendimento. Pollara destacou os esforços para melhorar a logística de entrega dos insumos, buscando soluções para evitar problemas como a falta desses produtos nas unidades.

Ele também mencionou os avanços na reforma e revitalização das unidades de saúde. Um total de 67 unidades de já foram completamente revitalizadas. No momento, o município tem 11 obras em andamento na saúde, entre elas estão: UPA Guanabara, Centro de Referência em Ortopedia e Fisioterapia (Crof), Cais Amendoeiras, Ciams Novo Horizonte, USF Tremendão, USF Água Branca e as sedes dos Distritos Sanitários Leste, Campinas e Oeste.

Pollara também destacou o trabalho realizado na atenção primária. “Quando cheguei aqui, o prefeito determinou que eu adotasse medidas de fortalecimento da atenção primária, que é onde a gente cuida das pessoas para que elas não fiquem doentes ou para que não tenham suas doenças agravadas e precisem ir para um hospital. Ouvimos e estamos fazendo isso com ações, programas e muitas obras.”

“O nosso compromisso nessa área continua. Seguimos investindo na recuperação estrutural, das unidades, na logística, em tecnológica e em pessoal. Tudo isso ficou muito prejudicado por causa da pandemia, mas já avançamos muito e vamos continuar avançando”.

Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *